Estabilidade financeira é o sonho de todo mundo que busca uma vida mais tranquila para si mesmo e para a família. Ao mesmo tempo, o número de empreendedores brasileiros está crescendo e muita gente quer conciliar estabilidade financeira e negócio próprio. Mas, afinal, será que isso é possível?

A resposta é bem animadora: sim, é possível alcançar estabilidade financeira e negócio próprio ao mesmo tempo. Para isso, algumas atitudes são determinantes e devem ser adotadas o quanto antes por quem almeja essas duas coisas. Quer saber o que fazer? Continue acompanhando o nosso post!

Seja disciplinado

Disciplina e foco devem fazer parte da rotina de quem quer abrir um negócio próprio com segurança e estabilidade. Planeje quanto você vai poupar mensalmente, quando espera estar pronto para abrir o negócio e em quanto tempo deseja recuperar o investimento.

Não fuja do plano e realize tudo aquilo a que você se propôs. Lembre-se de ter uma reserva de dinheiro para que não precise fazer retiradas nos primeiros meses do negócio. Dessa maneira, você garante a segurança financeira da sua família sem prejudicar o negócio.

Faça cursos de empreendedorismo e gestão de negócios, leia sobre o assunto e converse com outros empresários. Quando a hora chegar, você deve estar pronto para tomar as decisões certas e gerir seu negócio da melhor maneira possível.

Identifique boas oportunidades

Todo empreendedor precisa desenvolver uma visão estratégica para identificar boas oportunidades. Pesquise sobre o mercado do país e da sua cidade, identifique deficiências que você poderá suprir e saiba quais ramos estão crescendo ou têm alta demanda.

Além disso, é importante tentar casar seus interesses pessoais com o negócio que você vai abrir. Optar por um ramo de que você goste ou, pelo menos, tenha interesse em aprender vai aumentar suas chances de se dar bem.

Tenha um plano de negócios

Essa é uma etapa fundamental do planejamento e minimiza a possibilidade de erros durante a abertura do empreendimento. Se você nunca fez um plano de negócios, pode contar com a ajuda de consultores, colegas, parceiros e até mesmo do Sebrae.

O importante é que seja traçado um plano que contenha informações relevantes para o negócio, como números do mercado, público-alvo, projeção de custos e investimentos, estratégias de marketing, metas e assim por diante.

Quanto melhor estruturado for o seu plano de negócios, maior a chance de o negócio ser bem-sucedido.

Invista de maneira inteligente

Seja inteligente na escolha do tipo de negócio que você vai abrir. Evite áreas desconhecidas ou apostas. Especialmente se você é inexperiente, prefira os ramos mais seguros e tradicionais, como alimentação ou prestação de serviços. Nessas áreas, a demanda nunca acaba, mesmo em períodos de instabilidade financeira.

Além disso, considere escolher uma franquia em vez de começar um negócio do zero. Ao adquirir uma franquia, você contará com a expertise de uma equipe de apoio e pode ficar mais tranquilo quanto ao futuro do seu empreendimento.

As franquias podem te ajudar em todas as etapas do processo, na identificação de oportunidades, no plano de negócios e na implementação desse plano. Por isso, o sistema de franquias é uma excelente opção para aliar estabilidade financeira e negócio próprio.

Por fim, ressaltamos que ao abrir um empreendimento você será capaz de utilizar todo o potencial da sua força de trabalho para gerar riqueza para você mesmo e não para outras pessoas, por isso, não tenha medo: se planeje, conte com bons parceiros, faça uma boa escolha e abra sua empresa!

E você, concorda com a gente? Tem mais alguma dica para conciliar estabilidade financeira e negócio próprio? Escreva seu comentário e participe do blog!