Uma opção de negócios que vem crescendo, permitindo que muitas pessoas realizem o sonho de serem empreendedores de sucesso é a franquia. Porém, não basta fazer investimento em recursos materiais e receber todas as orientações da franqueadora se não houver investimento em capital humano. Na hora de contratar funcionários, é preciso estudar bem quais os requisitos ideais para ocupar cada cargo.

São diversos fatores que precisam ser analisados, e a observação deve começar antes da abertura da vaga. Para que você não erre na escolha do funcionário, fique atento a alguns pontos.

Conheça o perfil da vaga antes de contratar o funcionário

É preciso saber o que cada cargo faz na empresa e entender as suas rotinas e tarefas. Conhecendo as atribuições e os requisitos necessários para preenchê-los, fica muito mais simples encontrar uma pessoa adequada.

Normalmente, a franqueadora orienta quais são os requisitos necessários de cada função e esses devem ser seguidos. Isso facilitará a contratação e, posteriormente, a execução das tarefas.

Avalie cada candidato pelas suas qualificações

A seleção não deve levar em consideração apenas a simpatia do candidato — apesar de ela ser muito necessária no atendimento ao cliente. É preciso considerar quais são os conhecimentos e as habilidades que cada candidato possui, mesmo que essas tenham sido adquiridas no seu concorrente.

Se for para trabalhar dentro da cozinha, por exemplo, é preciso que ele já tenha experiência na área, ou, pelo menos, interesse. Não se deve contratar alguém que foi muito carismático, mas que não sabe nem fritar um ovo.

Cada candidato deve ser avaliado considerando as suas experiências, mas também se possui alinhamento com o perfil da vaga e com a empresa.

Escolha o gerente com mais atenção

Cada colaborador deve ser escolhido de forma criteriosa para desempenhar o melhor trabalho possível, porém o gerente merece uma atenção especial. Esse profissional será responsável por comandar tudo o que acontece na franquia, desde o suporte para a contratação de novos colaboradores até a resolução de conflitos.

Ele deve conhecer bem o negócio, ter proatividade para se antecipar aos problemas evitando que eles ocorram e gerenciar a equipe. Esse cargo exige uma pessoa que tenha liderança, conhecimento técnico e saiba fazer gestão. Sem essa combinação, a franquia corre um sério risco.

Entenda o que será ensinado no treinamento

O treinamento é fundamental antes que qualquer colaborador comece a trabalhar. Isso porque ele ensinará todos os processos realizados na franquia. Durante esse período, será possível conhecer um pouco mais sobre a cultura da empresa e como realizar as funções no dia a dia.

Se ele for direcionado para profissionais que nunca trabalharam, ensinando detalhadamente sobre tudo, os seus candidatos à vaga não precisarão de experiência. Entretanto, se foi formulado considerando alguns conhecimentos, é preciso que os selecionados já tenham alguma experiência.

É preciso conhecer o que será ensinado nessa etapa, facilitando a contratação do colaborador que mais bem será aproveitado na empresa e poderá contribuir com ela.

O ato de contratar funcionários não deve escolher colaboradores de forma aleatória ou simplesmente levando em consideração gostos pessoais. Alguns critérios técnicos precisam ser seguidos para que a franquia produza bons resultados.

Depois de entender como contratar funcionários, aproveite para ler sobre os 4 erros de gestão financeira para evitar e veja seu negócio prosperar.